doenças cronicas

5 doenças crônicas mais comuns

Segundo o Ministério da Saúde brasileiro, cerca de 40% da população adulta do país possui, pelo menos, uma doença crônica que são responsáveis por 72% das causas de morte. Esses números alarmantes nos mostram como é importante conhecer mais sobre essas patologias. As doenças crônicas se caracterizam por serem patologias que se desenvolvem de forma lenta e permanecem por um longo período. Elas são classificadas em não transmissíveis (DCNT), como a asma e a hipertensão, e transmissíveis, como a tuberculose e a AIDS. Por isso, preparei esse texto para explicar um pouco mais sobre as essas doenças.

5 doenças crônicas comuns, suas causas e tratamentos

1. Hipertensão

A hipertensão arterial se refere ao aumento da pressão sanguínea dentro dos vasos. Ela é diagnosticada quando um indivíduo apresenta, sistematicamente, a pressão arterial igual ou maior que 14 por 9. Essa doença crônica é causada pela contração dos vasos sanguíneos, fazendo com que a pressão no seu interior seja maior. Na maioria dos casos, os pacientes não apresentam sintomas. Quando eles surgem são dor de cabeça, vômitos dispnéia, agitação e visão borrada. A falta de tratamento da hipertensão arterial pode provocar graves prejuízos à saúde do paciente, tais como, infarto agudo, insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral (AVC).

2. Diabetes

O diabetes é uma doença crônica e autoimune que se caracteriza pela má absorção ou deficiência na produção da insulina pelo organismo. A insulina é produzida no pâncreas e tem a função de quebrar as moléculas de glicose e transformá-las em energia. Essa patologia é classificada em três tipos. O tipo 1 é mais comum na infância e está relacionada à baixa produção da insulina pelo pâncreas. O tipo 2 ocorre porque as células são resistentes à ação da insulina.  O terceiro tipo é o diabetes gestacional, que afeta as gestantes em função do aumento excessivo de peso. O diabetes também pode ter origem em outras condições, tais como, pancreatites alcoólicas e uso indevido de alguns medicamentos.

3. Acidente Vascular Cerebral (AVC)

O acidente vascular cerebral é uma das patologias crônicas mais recorrentes no Brasil. Ele é dividido em dois tipos, que variam conforme a causa. O AVC isquêmico acontece em decorrência da falta de sangue no cérebro em função de um ateroma, trombose ou embolia. O AVC hemorrágico se caracteriza pelo sangramento cerebral por ocasião do rompimento de uma artéria ou de um vaso sanguíneo. Geralmente, essa doença tem origem em outra patologia, tais como, diabetes, colesterol elevado, hipertensão e problemas vasculares.

4. Osteoporose

A osteoporose é uma condição provocada pela redução da densidade óssea que acarreta no enfraquecimento dos ossos, sendo mais frequentes em pessoas idosas. Os pacientes dessa doença estão mais suscetíveis a fraturas. É uma patologia assintomática e, na maioria dos casos, só são percebidas quando o indivíduo sofre uma fratura. Essas fraturas costumam ser dolorosas e se consolidam lentamente, causando uma deformidade no paciente, como por exemplo, a coluna encurvada.

5. Câncer

Essa é, sem dúvida, a doença crônica de maior prevalência no mundo. Câncer é o termo utilizado para nomear mais de 100 tipos de doenças que são causadas por um crescimento desordenado de células, que se dividem e agem de forma agressiva e incontrolável. Essa profusão de células forma tumores que atacam os tecidos e invadem os órgãos. Sem o devido tratamento, elas podem se espalhar por todo o corpo. Os tipos de câncer mais comuns são o câncer de pele, de próstata, de cólon e reto, de pulmão e de mama. Essas são apenas algumas das doenças crônicas que ocorrem com mais frequência. A melhor forma de prevenção é ter uma rotina de consultas médicas para avaliar a sua saúde. Quer saber mais? Clique no banner!
Endocrinologista e Metabologista em São PauloPowered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp